Bordados Tradicionais de Viana do Castelo

As nossas tradições inspiram-nos. E o bordado é uma tradição riquíssima no Norte de Portugal, nomeadamente em Viana do Castelo.

O registo da emergência formal deste bordado remonta a 1917 e surge no jornal A Aurora do Lima, n.º 9028 de 24 de Agosto (Caderno de Especificações do Bordado de Viana do Castelo*).

Inicia-se como uma tradição de um saber fazer entre mulheres do campo que, por iniciativa da Cruzada das Mulheres Portuguesas, foi transformado numa ocupação com significado económico. O objectivo era aliviar a miséria das famílias portugueses, uma vez que os homens tinham sido mobilizados para a guerra. Um exemplo de resiliência de mulheres a lutarem contra a pobreza e a afirmarem-se como o motor da família.

Os motivos resultavam unicamente da criatividade da bordadeira, uma vez que eram bordados de forma intuitiva, sem recurso a qualquer desenho ou risco.

O bordado de Viana é sobretudo usado em produtos de têxtil-lar. Os motivos mais presentes são:

a japoneira, ou camélia,

pulseira prata Inspiracao Vianense crivo

o coração, as flores-coração, o trevo (de três ou quatro folhas), as flores, o cravo (de grande significado amoroso: a fidelidade matrimonial), marias e mariões, estrelas.

colar prata Inspiracao Vianense coracao

Temos ainda como principais elementos de ligação as hastes ou silvas,

colar prata banner Inspiracao Vianense hastes

os caracóis, os botões (menos comuns actualmente), folhas de feitos (espiga); e os motivos de enchimento como as bolas, as aranhas, as pevides, as estrelas e as uvas.

brincos prata inspiracao vianense caracol

Quanto aos pontos mais usados, inspira-nos, por exemplo, o centro em crivo simples, o ponto pé-de-flor e o ponto de festão.

Uma fonte de inspiração riquíssima e mais uma tradição onde as mulheres são protagonistas e que queremos perpetuar em jóias.

E é por esta razão que vamos continuar a homenagear as mulheres, dando um nome feminino a cada jóia da Colecção Vianense. Desta vez tendo em conta a lenda que dá o nome à cidade: a do barqueiro que se apaixona pela Ana e que frequentemente repetia: “Vi a Ana”. E como paixões há muitas, nós teremos a ViAna, a ViAurora, a ViAmélia, e muitas mais que vamos ver.

Conheça aqui as maravilhas da nossa Colecção Vianense.

 

* Bordado de Viana do Castelo é marca registada, pertencente ao Município de Viana do Castelo.